[ad_1]

Publicado: 14/01/2023 às 11:01

CARTA ABERTA – CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE TIRO PRÁTICO.

CARTA ABERTA

A CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE TIRO PRÁTICO – CBTP – vem a público declarar o seu total respeito e compromisso à democracia e às instituições da República. A CBTP como entidade participante do Sistema Nacional do Desporto, tem como função não apenas promover o tiro desportivo nas suas diversas modalidades, mas, também, fiscalizar a legalidade e a regularidade da prática do desporto.

Atualmente a CBTP com mais de 30 anos da sua fundação, possui 25 (vinte e cinco) Federações filiadas, 200 (duzentos Clubes) e aproximadamente 3.000 atletas filiados, que efetivamente iniciaram o tiro como esporte de prática formal e esporte de rendimento, na forma da Lei.

Com o desenvolvimento do esporte e o trabalho constante da CBTP, hoje o Brasil ocupa a liderança entre 140 países no número de campeonatos reconhecidos pela International Practical Shooting Confederation (IPSC). A quantidade de competições realizadas e o número de participantes é que definem o ranking dos países. Além disso, em 2022 as equipes brasileiras conquistaram vários pódios internacionais: 34 no campeonato Panamericano (EUA) e 7 no campeonato Mundial (Tailândia).

Infelizmente, algumas generalizações e preconceitos têm levado prejuízos à prática esportiva, que reflexamente está sendo penalizado pela incompreensão quanto à importância e necessidade de valorização do esporte.

Por isso, diante das notícias recentes veiculadas pela mídia com relação aos lamentáveis ​​episódios do dia 08/01/2023, é importante destacar que a CBTP reprova os atos de vandalismo, não tolerando qualquer prática de violência às instituições por parte de atletas ou entidades confederadas , sendo certo que o espírito que move e sempre norteou o seu trabalho e de seus associados é a dedicação ao esporte de maneira salutar, respeitosa e responsável.

A CBTP preza pela preservação da liberdade de expressão e da livre manifestação de pensamento, princípios essenciais à diversidade, ao tratamento isonômico e à estruturação democrática da sociedade. Entretanto, sabe-se que, como regra geral, não há garantias constitucionais absolutas e plenas, imunes a qualquer restrição quando em conflito com outros valores originados da própria Constituição Federal de 1988.

Assim sendo, é imperativo que a CBTP saliente publicamente que reforce o seu compromisso com o respeito à democracia e às suas instituições, de modo que, como integrante do Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados (SisFPC), se coloque à disposição dos órgãos públicos pertinentes para ajudar a pacificar e preservar o Brasil neste momento conturbado e continuar se dedicando integralmente aos esforços necessários para a manutenção e desenvolvimento do tiro esportivo em total conformidade com as Leis e normas regulamentares.

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE TIRO PRÁTICO
CBTP

[ad_2]

Fonte Notícia